Receita de Eva Scialò

Penne à la disgraziata (Penne alla disgraziata)

Cada prato tem a sua própria história, e com o passar dos anos, esta história tem-se tornado património de cada família, em que os contornos se tornam impalpáveis, mas o sentido permanece intacto. Por isso, com as receitas de cada família, é possível aprender detalhes particulares de valor universal. Esta receita, provavelmente menos conhecida que outras, revela algo no seu nome muito característico da cultura napolitana. Em italiano (e também em português) o termo “disgraziato” ou desgraçado significa “pessoa que tem desgraça, que tem a sorte constantemente adversa, que não tem sucesso em nenhuma [...] ideia!”, mas para a maior parte das famílias napolitanas é apenas uma expressão afetuosa utilizada em tom de falsa desaprovação, com o significado de que na vida real, não existem pessoas desgraçadas em Nápoles. Penne "à desgraçada" é um prato onde a astúcia e simplicidade formam uma combinação de sabores únicos. A tradição exige que o tomate fresco seja cozinhado com manjericão. Contudo, nesta receita temos salsa, tomate descascado ligeiramente cozinhado, alho triturado e, para quem ama sabores fortes, uma boa pimenta malagueta. Esta é a história da minha família, e esta receita é contada pelo "desgraçado" do meu pai com os seus olhos brilhantes.

  • 4
  • 20 minutos
  • baixo
  • pasta

Ingredients para quatro pessoas

 

320 g de pennes mezzani lisa 
20 tomates descascados
2 dentes de alho

q.b. de salsa
q.s. de azeite
pimenta malagueta fresca, se desejar

 

Preparação

 

O alho desempenha um papel fundamental nesta preparação. Depois de ter removido a parte interna, picar com uma faca.

 

 

Numa panela, com uma generosa quantidade de azeite, dourar o alho, apenas por poucos segundos, pois a tradição exige que este não fique demasiado dourado.

De seguida, juntar o tomate descascado, desprovido do líquido ou molho de tomate, no qual normalmente é conservado, e desfazer os pedaços mais grossos. Adicionar sal e cozer por poucos minutos.

 

 

Cortar a salsa lavada e seca. Deverá estar cortada bem fina pois trata-se de um ingrediente indispensável neste prato.

 

 

Adicionar a salsa ao molho nos últimos instantes de cozedura, e de seguida desligar o lume.

 

 

Cozer a massa al dente, escorrê-la com cuidado e juntar o condimento. Caso a pimenta malagueta seja do seu agrado, utilizá-la fresca e crua antes de servir no prato.