Receita de Eva Scialò

Roccocò

Todo o napolitano tem no coração o cheiro do pisto e a imagem de uma avó que amassa os roccocò no Natal, assim como cada um de nós conserva ciosamente uma receita desses biscoitos numa folha de papel lisa e manchada que desafiou o tempo e as gerações. Biscoitos crocantes, com baixo teor de gordura, mas com uma forte fragrância, a do Natal napolitano.

  • 4
  • 1 hora
  • Media
  • dulce

Ingredientes para 12 roccocò de 10 cm de diâmetro

 

Ingredientes para el Roccocò:

500 g de Farina Garofalo 00 (W170)
500 g de açúcar
100 ml de água
200 g de amêndoas
50 g de sumo de tangerina
raspas de tangerina e limão
10 g de pisto*
4 g de sal amoníaco para bolos

*Se não consegue encontrá-la já feita, pode obtê-la misturando os seguintes ingredientes:

15 g de canela em pó
5 g de pimenta
5 g de noz-moscada
2 g de cravo em pó
2 g de anis estrelado
2 g de coentros

 

Preparação

 

Coloque todos os ingredientes secos numa tigela grande e misture-os com cuidado. Pode optar por manter as amêndoas inteiras, como no nosso caso, ou picá-las grosseiramente antes de as adicionar aos ingredientes.

 

 

Misture a água com o sumo de tangerina - algumas famílias usam laranjas - e despeje a mistura na tigela.

 

 

Amasse com cuidado e paciência. Inicialmente a massa mostrar-se-á arenosa e demorará a tornar-se homogénea.Quando tiver uma massa sólida forme uma bola e deixe-a descansar na película durante pelo menos uma hora.

 

 

Dê a forma de um pão longo e corte em fatias de dois centímetros de espessura.

 

 

De cada fatia, faça tiras compridas amassando com as mãos. Em seguida, feche as extremidades para fazer laços que colocará num tabuleiro em cima de papel de ir ao forno.

 

 

Cozinhe a 160 ° C durante cerca de 30 minutos. Depois de frios, conservam-se numa caixa hermética durante vários dias.

 

Aprofundamentos: o pisto é uma mistura de especiarias que, na cozinha napolitana, é necessária para dar sabor a muitos doces secos de Natal, como os roccocò, os mostaccioli e os quaresimali.